whatsapp

Data: 2 de fevereiro de 2021

Alimentação pré e pós treino: o que consumir?

Quem pratica atividades físicas regularmente sabe da importância da alimentação pré e pós treino. Para que o treino tenha resultados, vários fatores devem ser considerados como a qualidade e regularidade dos treinos, bem como a alimentação.

Afinal, tudo que é ingerido pelo organismo serve de substrato e energia para as células. Assim, se há uma ingestão correta de carboidratos e proteínas, o corpo consegue queimar as calorias extras e facilitar o metabolismo anabólico para o ganho de massa muscular.

Além disso, a alimentação correta antes e depois do treino afasta as chances de mal-estar e queda do nível de açúcar no sangue e restabelece as reservas de energia para recuperação muscular.

Para elaborar esse conteúdo, convidamos o treinador de atletas de fisiculturismo e personal, Ulysses Pedro. Ele é educador físico, tem pós graduação em fisiologia do exercício e pós-graduação em bodybuilder coach. Atualmente, tem um escritório de consultoria esportiva em São Paulo e é embaixador da Kobber. 

Alimentação pré e pós treino: o que comer? 

A melhor alimentação no pré e pós treino vai depender dos objetivos que você tem. Por exemplo, há pessoas que entram na academia para melhorar a qualidade de vida, outras têm objetivos claros de emagrecimento e há ainda aqueles que querem ganhar músculo.

Para cada caso, há treinos e dietas específicas e nada melhor que consultar profissionais da área de nutrição e educação física para garantir os melhores resultados.

Ulysses destaca a importância da granola, que pode ser ingerida tanto no pré-treino quanto no pós. No pré-treino, ela funciona como um alimento com quantidade suficiente de carboidrato com rápida absorção. No pós-treino, por possuir um índice glicêmico bom, ela ajuda na recuperação muscular.

Por isso, tanto no pré quanto no pós treino, Ulysses come a granola tradicional da Kobber com whey protein e frutas. Essa opção tem rápida absorção, é saborosa e prática. Veja outras dicas:

Alimentação para o pré-treino 

O carboidrato, embora considerado vilão das dietas de quem deseja emagrecer, deve ser consumido antes do treino, pois ele garante a energia imediata necessária para o exercício. Antes de malhar, é importante ingerir alimentos com carboidrato, para que ele funcione como fonte primária de energia e a proteína tenha função anti-catabólica para que o treino seja mais intenso.

Se o seu objetivo for perder gordura, uma dica é realizar um pequeno lanche uma hora antes do treino, para ajudar o corpo a recorrer às reservas de gordura como energia. Já no caso de quem deseja ganhar massa muscular, o pré-treino deve ser composto de carboidrato, que é digerido mais rapidamente, e proteína para fornecer aminoácidos para toda a prática do exercício. 

Veja algumas opções de alimento:

Para as refeições pré-treino, é importante evitar alimentos gordurosos e difíceis de serem digeridos, como carne vermelha, oleaginosas e alimentos ricos em sal, que podem reter líquido. 

Alimentação pós-treino

Após finalizar os exercícios, é fundamental oferecer insumos para o corpo se recuperar. Aqui, o carboidrato vai nivelar os estoques de glicogênio e a proteína realizará a sintetização e estimulará a produção dos músculos. Assim, é preciso escolher alimentos que reponham o estoque de energia e tenham proteína suficiente para esse processo. Veja algumas dicas: 

  • barras proteicas;
  • pão integral com pasta de amendoim;
  • omelete com legumes;
  • peito de frango;
  • macarrão integral;
  • mandioca/batata-doce;
  • iogurte com granolaxx.

Por fim, mas não menos importante, lembre-se de se hidratar antes, durante e depois do treino. Gostou do nosso conteúdo? Quer conferir algumas dicas de lanches saudáveis para o verão? Então, leia o post no blog

X