whatsapp

Data: 12 de janeiro de 2021

Como preparar a quinoa?

Você sabe preparar a quinoa? A quinoa é conhecida por ser um grão poderoso para a saúde. A espécie do grão é nativo do Peru, Bolívia, Equador e Colômbia e passou a ser consumida pelo ser humano a mais de 4000 anos. Essa semente pode ser encontrada nas cores branca, preta ou vermelha e é rica em proteínas e fibras. Ela também possui magnésio, vitaminas do complexo B, ferro, cálcio, fósforo e antioxidantes.  

O  modo mais conhecido de consumi-la é fazendo saladas, mas esse alimento é versátil e pode ser consumido em outras opções. Para te ajudar a aprender a preparar a quinoa, separamos o passo a passo e algumas dicas de receitas. Confira! 

Benefícios da quinoa 

A quinoa possui alto teor de proteínas e aminoácidos, que facilitam a regeneração dos tecidos. Ela também possui altas quantidades de fósforo, magnésio e cálcio que são essenciais para a saúde óssea, principalmente, para mulheres no período da menopausa. Por possuir antioxidantes, ômega 3 e 6 e vitaminas C e E, ela também é beneficial para a imunidade e colesterol. 

Esse alimento também é uma boa opção para quem tem dietas restritivas, como os diabéticos e celíacos. Para quem tem diabetes, o índice glicêmico do cereal é baixo, ou seja, não provoca picos de açúcar no sangue. No caso dos celíacos, a quinoa não possui glúten, podendo substituir a farinha de trigo em diversas receitas, tanto doces quanto salgadas.

Passo a passo para preparar a quinoa 

Esse alimento pode ser encontrado em grãos ou ser triturado e se tornar uma farinha. No caso dos grãos, eles devem ser cozidos e podem ser incrementados com outros ingredientes. No caso das farinhas, elas servem como ingredientes para pães, bolos e muffins integrais e mais saudáveis. 

Para fazer a quinoa em grãos, primeiramente, você deve lavá-la muito bem para retirar o fitato, pois em excesso ele pode prejudicar a absorção de minerais, como ferro e zinco. A melhor maneira de lavá-la é com a ajuda de uma peneira. Depois, na hora de cozinhar, não coloque muita água. A proporção ideal é uma xícara de quinoa para duas xícaras de água. Tampe a panela e deixe cozinhar por 15 minutos. O ponto correto é quando ela está macia e  transparente. 

Após cozinhar, você deve escorrê-la para retirar todo excesso de água. Utilize a mesma peneira que você usou para lavar a quinoa. Volte os grãos para a panela e deixe descansar por 15 minutos, o calor vai ajudar a secar e deixá-la mais macia. 

Como consumir a quinoa?

Para consumi-la, há várias opções. Você pode utilizar a quinoa como substituto do arroz e refogá-la com alho, por exemplo. Ela também vai muito bem em uma salada com uva passas, queijo branco, hortelã, cenoura e tomate ou ainda substituto da carne para os vegetarianos e veganos, sendo ingrediente principal de hambúrgueres ou quibes.

Mas, além dessas opções tradicionais para almoço ou jantar, a quinoa também pode ser consumida como um cereal matinal. Basta misturá-la com leite ou iogurte e frutas. Essa opção é uma maneira de acrescentar proteína e ferro ao café da manhã. Além desta, a quinoa também pode ser misturada em sucos e vitaminas, adicionando uma dose extra de proteínas aos demais nutrientes das frutas.

Os flocos de quinoa também podem ser consumidos em mingaus, acompanhado de granola ou sopas acompanhadas de torradas. Como citamos no início do post, a farinha de quinoa serve como substituto para os celíacos ou outras pessoas que desejam eliminar a farinha branca da dieta.

Portanto, podemos concluir que a quinoa é um super grão rico em nutrientes e que pode ser utilizado de várias maneiras nas receitas. Gostou das dicas de hoje? Se você quer colocá-las em prática, acesse nosso site e garanta agora mesmo a quinoa. 

Data: 23 de novembro de 2020

Como alimentação saudável contribui para o funcionamento do corpo?

Para garantir o bom funcionamento do corpo, é importante ter uma alimentação saudável associada à prática de exercícios físicos e outros bons hábitos. Sabemos que, com uma rotina cada vez mais intensa, as pessoas optam por alimentos industrializados e levam uma vida sedentária. Como consequência, no Brasil, a obesidade aumentou 67,8% nos últimos treze anos, saindo de 11,8% em 2006 para 19,8% em 2018.

Para evitar essa e outras doenças, é importante investir em dietas ricas em vitaminas e minerais, evitando doces e frituras e aumentando o consumo de água durante o dia. Além disso, mesmo que nem sempre seja possível fazer uma boa refeição, opte por snacks e lanches rápidos de marcas que produzam opções mais saudáveis e naturais. 

Leia o conteúdo até o final e confira os benefícios de uma alimentação saudável. 

Quais os benefícios da alimentação saudável para o funcionamento do corpo? 

Cada tipo de nutriente, como proteína, carboidrato, lipídeos, vitaminas e minerais possuem funções específicas no nosso corpo. É por meio deles que ocorrem reações voluntárias e involuntárias, que permitem que realizemos a maioria das ações, como pensar, andar, realizar exercícios, entre outras ações. 

Com uma alimentação pobre em bons nutrientes, é comum que pessoas apresentem vários sintomas e doenças, como fraqueza, anemia, raquitismo e osteoporose. Esses exemplos são doenças associadas à falta de vitaminas e minerais na alimentação. Além disso, uma dieta de má qualidade pode ocasionar em doenças mais graves, como obesidade, hipertensão e diabetes tipo 2. 

Ou seja, uma boa alimentação ajuda na prevenção de várias doenças, fortalece o sistema imunológico, diminui o risco de doenças crônicas, ajuda no funcionamento do intestino, melhora a produtividade e concentração, regula a produção hormonal e melhora a qualidade do sono. 

Quais alimentos mais indicados para uma alimentação saudável?

Uma alimentação saudável consiste em uma dieta equilibrada em nutrientes. Afinal, para garantir um bom funcionamento do corpo é importante ingerir as porções corretas carboidratos, lipídeos, vitaminas e minerais. A falta ou excesso de algum desses nutrientes pode prejudicar a saúde. Por isso, tenha uma dieta balanceada. 

Confira alguns alimentos acessíveis e saborosos que podem ser combinados em várias refeições. 

Linhaça

A linhaça é uma semente rica em ômega 3, um ácido graxo que atua no organismo reduzindo inflamações, melhorando os níveis do colesterol, aumentando o HDL (bom colesterol) e diminuindo o LDL (colesterol ruim), e protegendo o corpo de doenças cardiovasculares e cerebrais. Essa opção pode ser utilizada em saladas, vitaminas, bolos e pães. 

Chia

A chia é considerada um super alimento. A semente é originária da Guatemala e possui nutrientes, como fibras, cálcio, potássio e ômega 3. Uma colher de chá de chia por dia na salada ou suco já é suficiente para inserir minerais e vitaminas na alimentação e prevenir problemas cardiovasculares e de diabetes.

Quinoa

A quinoa é originária da América do Sul e considerada o grão de ouro pelos nativos da região. Assim como a linhaça e chia, ela também é rica em ômega 3, além de possuir proteína, vitamina B, cálcio e magnésio. Boa opção para saladas ou substituto para carne em receitas como quibe de quinoa, bife de quinoa, entre outras opções. A quinoa ajuda na construção de músculos mais fortes e previne doenças como infarto e derrame. 

Frutas vermelhas

As frutas vermelhas — amora, morango, cereja, framboesa, cranberry e goji berry — além de deliciosas são ricas em nutrientes de alto valor, como ferro, cálcio, fósforo e potássio. Elas ajudam no combate à anemia, colesterol alto e são fontes ricas de vitaminas C e vitaminas do complexo B, tendo altas propriedades antioxidantes que retardam o envelhecimento. Elas podem ser consumidas in natura ou serem ingredientes de tortas e sucos. 

Oleaginosas

As oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas também fazem muito bem para a saúde. A castanha possui selênio, que é rico em antioxidante e fortalece o sistema imunológico. As nozes possuem a gordura monoinsaturada, gordura boa, que ajuda no controle do colesterol. Já as amêndoas possuem cálcio e magnésio que são importantes para a saúde óssea. Você pode consumir o mix de oleaginosas no café da manhã ou pequenas porções ao longo do dia. Além disso, você pode adicioná-las em bolos e cookies.

Gengibre

O gengibre é uma raiz originária do continente asiático e tem vários usos tanto na gastronomia quanto na medicina. Ele atua como bactericida e desintoxicante, reforçando o sistema imunológico e respiratório. Além disso, o chá de gengibre é muito utilizado para combater azia e enjoos e facilita a digestão de alimentos gordurosos.

Portanto, para ter um organismo saudável, é importante ter uma alimentação saudável, com diferentes grupos de alimentos e em quantidade adequada. Além disso, a ingestão correta de água é fundamental para manter tudo funcionando bem. Para descobrir qual é o volume ideal no seu caso, multiplique o seu peso por 35ml. O resultado é a quantidade de água que você deve ingerir. 

Gostou do nosso conteúdo? Quer receber outros conteúdos como esse na sua caixa de e-mails? Então, cadastre-se na nossa newsletter!

X