whatsapp

Data: 2 de fevereiro de 2022

Volta às aulas 2022: Dicas de Lanches e Snacks

Após um período confuso causado pela pandemia do Coronavírus, profissionais da educação já estão se organizando para um novo começo.

Com os pais, a expectativa para volta às aulas em 2022 é grande!

Segundo o Censo Escolar, no ano passado tivemos aproximadamente 287 dias de suspensão das aulas presenciais devido à Covid-19.

Agora, graças às ações efetivas das vacinas esse cenário começou a mudar e a volta às aulas em 2022 irá acontecer no formato presencial nas escolas públicas e privadas.

Volta às aulas 2022!

 

Além do desafio de retomar a rotina de estudos presencial, montar uma lancheira mais saudável também está na lista de afazeres necessários para o ano letivo.

Quer descobrir como montar a lancheira ideal com snacks e lanches. Vem com a Kobber!

Planeje de forma semanal e faça com seu (sua) filho (a)!

 

Planejar o cardápio semanal da lancheira saudável pode ser divertido!

Essa é a hora de negociar, pedir ajuda, sugestões e ideias para montar as opções com variedades e lanches para a semana toda!

Chamar seu (sua) filho (a) para conversar sobre o que levar de lanche para escola irá construir mais autonomia e responsabilidade para ele (a).

Além de facilitar a sua vida com escolhas feitas em conjunto, afinal, nada mais chato do que preparar um lanche com carinho e afeto que não vai ser consumido por que não agradou.

Opte por um alimento de cada grupo!

 

Ao montar uma lancheira saudável é preciso considerar a variedade de alimentos e nutrientes nas refeições do seu (sua) filho (a).

Não é segredo que crianças precisam comer de tudo, de uma forma controlada e equilibrada, sem dietas mirabolantes ou restrições alimentares.

Há não ser que exista alguma recomendação médica para algum tipo de tratamento específico.

Dentro desse cenário, uma lancheira mais saudável deve contar com três categorias de alimentos diferentes: proteína, fruta e carboidrato.

Você pode escolher carboidratos integrais como, granola, barra de cereal, cookies, pães, biscoitos e bolos. Frutas com casca ou picadas que sejam fáceis de consumir e proteínas leves como queijo branco.

Não esqueça da garrafinha de água!

 

Crianças esquecem facilmente de beber água durante o dia. Ainda mais quando existe uma rotina diferente e novas atividades.

Não esqueça de enviar uma garrafinha de água cheia todos os dias e orientar seu (sua) filho (a) para beber água e se manter hidratado (a).

Faça orientações para que ele (a) beba água diretamente da garrafinha evitando o bebedouro e os incentivando a voltar com ela vazia para casa.

Cuidado com os alimentos perecíveis

 

Se a lancheira for térmica ou tiver geladeira disponível para uso dos alunos no colégio, tudo bem! Caso contrário, é bom atentar-se ao enviar alimentos perecíveis na lancheira.

Produtos como iogurtes e derivados de leite, já que esses podem estragar facilmente caso passem muito tempo em ambientes pouco refrigerados.

Um docinho não faz mal a ninguém!

 

Dizem que o consumo de doces e chocolates não devem fazer parte da rotina alimentar de uma criança, mas da mesma forma que nós adultos não resistimos, não existe mal nenhum  em consumir um snack de vez em quando!

O segredo está no equilíbrio e consumo moderado, afinal, nada de mais faz bem para a saúde!

6 snacks para uma lancheira saudável!

 

1 – Barra Classic Kobber

Saborosas, nutritivas e práticas. Ideal para qualquer hora!

2 – Barra de Nuts

Deliciosas! Produzidas com amendoim torrado e frutas secas. Sem glúten, sem lactose, fonte de fibras e baixo em sódio, são uma excelente opção para seu lanche diário.

3 – Cookies Integrais 

Os Cookies Integrais apresentam uma textura surpreendente, desmanchando em sua boca. Sua composição não leva ovos e são livres de gordura trans.

4 – Granola 30g

A Granola Kobber é feita com Floko.Mix, um composto de 5 cereais combinados a partir de um processo especial que reúne trigo, arroz, aveia, milho e cevada, proporcionando uma alimentação saudável e balanceada

5 – Barra 1+1 Fruit

Combinação de 2 deliciosas frutas! Sem adição de açúcares, corantes ou conservantes, sem glúten e baixo em sódio!

6 – Super Frutas

São conhecidas por possuírem alto valor nutricional, propriedades antioxidantes, além de serem muito saborosas.

A volta às aulas pode ser o momento ideal para definir novos hábitos alimentares! planejou a lancheira do (a) seu (sua) filho (a)? Conta pra gente!

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais!

Com a Kobber, ter uma alimentação balanceada é mais fácil!

Quer fazer o seu pedido ou tirar dúvidas? [CHAMAR NO WHATS].

 

Data: 4 de Maio de 2021

Super frutas conheça 4 benefícios de consumir o Cranberries.

Fruta com alto valor nutricional e excelente aliado em infecções. Conheça seus principais benefícios

Originária da América do Norte, o Cranberries é exótico e nutritivo. Colhido em arbustos pequenos, a planta dá origem a um fruto vermelho bastante ácido, rico em proantocianidina, substância apontada por estudos como sendo de 15 a 25 vezes mais potente do que a vitamina E para combater infecções do trato urinário.

O cranberrie era usado por tribos indígenas como alimento, em cerimônias e como medicamento. Hoje está presente em diversas receitas e ganhou o paladar dos brasileiros. O nome em inglês foi dado pelos colonizadores europeus porque a flor lembrava o formato da cabeça, do pescoço e do bico do pássaro crane, um tipo de grou ou garça.

É rico em vitaminas A, C, E e K, potássio, fósforo, magnésio, cálcio, fibras, zinco e vitaminas como niacina e riboflavina. Contém ainda flavonoides, polifenóis, além de ser fonte de ácido salicílico e substâncias antioxidantes. Conheça mais sobre essa super fruta, abaixo!

Conheça os 4 benefícios do Cranberries

As super frutas são ricas em nutrientes, fibras, ácido graxo e conhecidas pelo alto conteúdo de flavonoides, antocianinas, vitamina C e antioxidantes. Esses alimentos possuem propriedades anti-inflamatória e antioxidantes que neutralizam os radicais livres, ajudando na prevenção de doenças degenerativas, como Alzheimer e Parkinson. O cranberrie é um aliado para impedir a ligação bacteriana às superfícies celulares, bloqueando a invasão de agentes patogênicos. Saiba outros benefícios do fruto:

Infecções urinárias

O alto nível de antioxidantes fornecido pelo cranberrie, a torna uma excelente alternativa de prevenção a infecção urinária. Pois, impede que as bactérias cheguem às paredes do trato urinário. Além disso, ele ainda ajuda no controle da micção em pacientes com bexiga neurogênica, doença do sistema nervoso que gera incontinência. Beba bastante água e insira essa super fruta em sua dieta!

Retarda o envelhecimento

O cranberrie é abundante em antioxidantes – moléculas responsáveis por inibir o envelhecimento, além de vitamina C. Essa combinação é excelente por combater os radicais livres e retardar o envelhecimento precoce da pele. Seu consumo trará mais brilho e vida para sua pele e cabelo, e também fortalecerá a proteção da pele contra danos causados por fatores ambientais.

Reduz risco de doenças cardiovasculares

Os polifenóis, compostos orgânicos, encontrados nos cranberries podem reduzir o risco de doenças cardiovasculares, pois impedem o acúmulo de plaquetas e reduzem a pressão arterial por mecanismos anti-inflamatórios.

O cranberrie também previne doenças do coração por contribuir com a redução do LDL – conhecido como colesterol ruim. Insira o cranberrie como a fruta do seu coração e tenha uma vida mais saudável.

Aliado em doenças estomacais

As substâncias chamadas proantocianidinas, presentes no cranberrie, podem impedir a fixação da bactéria Helicobacter pylori, que causa gastrite e úlcera, na mucosa estomacal. Além disso, mastigue bem os alimentos, evite condimentados e assim você terá uma saúde estomacal mais eficiente.

Cranberries: Forma de consumo

As super frutas funcionam como ingredientes em diversas receitas, mas inicialmente eram consumidas in natura ou em sucos. É possível colocá-las em tortas, doces e até panquecas. Não há uma definição quanto a quantidade ideal, mas os médicos aconselham 3 a 4 xícaras de chá, por semana.

Hoje é mais fácil encontrá-la no Brasil, podendo ser adicionada em geleias, sorvetes, tortas, bolos, biscoitos, barras de cereais, molhos e caldas. Experimente a nossa, livre de colesterol e sódio, e compartilhe suas receitas com a gente! Se você gostou desse conteúdo e quer conferir outros posts, acesse nosso blog!

Data: 23 de novembro de 2020

Como alimentação saudável contribui para o funcionamento do corpo?

Para garantir o bom funcionamento do corpo, é importante ter uma alimentação saudável associada à prática de exercícios físicos e outros bons hábitos. Sabemos que, com uma rotina cada vez mais intensa, as pessoas optam por alimentos industrializados e levam uma vida sedentária. Como consequência, no Brasil, a obesidade aumentou 67,8% nos últimos treze anos, saindo de 11,8% em 2006 para 19,8% em 2018.

Para evitar essa e outras doenças, é importante investir em dietas ricas em vitaminas e minerais, evitando doces e frituras e aumentando o consumo de água durante o dia. Além disso, mesmo que nem sempre seja possível fazer uma boa refeição, opte por snacks e lanches rápidos de marcas que produzam opções mais saudáveis e naturais. 

Leia o conteúdo até o final e confira os benefícios de uma alimentação saudável. 

Quais os benefícios da alimentação saudável para o funcionamento do corpo? 

Cada tipo de nutriente, como proteína, carboidrato, lipídeos, vitaminas e minerais possuem funções específicas no nosso corpo. É por meio deles que ocorrem reações voluntárias e involuntárias, que permitem que realizemos a maioria das ações, como pensar, andar, realizar exercícios, entre outras ações. 

Com uma alimentação pobre em bons nutrientes, é comum que pessoas apresentem vários sintomas e doenças, como fraqueza, anemia, raquitismo e osteoporose. Esses exemplos são doenças associadas à falta de vitaminas e minerais na alimentação. Além disso, uma dieta de má qualidade pode ocasionar em doenças mais graves, como obesidade, hipertensão e diabetes tipo 2. 

Ou seja, uma boa alimentação ajuda na prevenção de várias doenças, fortalece o sistema imunológico, diminui o risco de doenças crônicas, ajuda no funcionamento do intestino, melhora a produtividade e concentração, regula a produção hormonal e melhora a qualidade do sono. 

Quais alimentos mais indicados para uma alimentação saudável?

Uma alimentação saudável consiste em uma dieta equilibrada em nutrientes. Afinal, para garantir um bom funcionamento do corpo é importante ingerir as porções corretas carboidratos, lipídeos, vitaminas e minerais. A falta ou excesso de algum desses nutrientes pode prejudicar a saúde. Por isso, tenha uma dieta balanceada. 

Confira alguns alimentos acessíveis e saborosos que podem ser combinados em várias refeições. 

Linhaça

A linhaça é uma semente rica em ômega 3, um ácido graxo que atua no organismo reduzindo inflamações, melhorando os níveis do colesterol, aumentando o HDL (bom colesterol) e diminuindo o LDL (colesterol ruim), e protegendo o corpo de doenças cardiovasculares e cerebrais. Essa opção pode ser utilizada em saladas, vitaminas, bolos e pães. 

Chia

A chia é considerada um super alimento. A semente é originária da Guatemala e possui nutrientes, como fibras, cálcio, potássio e ômega 3. Uma colher de chá de chia por dia na salada ou suco já é suficiente para inserir minerais e vitaminas na alimentação e prevenir problemas cardiovasculares e de diabetes.

Quinoa

A quinoa é originária da América do Sul e considerada o grão de ouro pelos nativos da região. Assim como a linhaça e chia, ela também é rica em ômega 3, além de possuir proteína, vitamina B, cálcio e magnésio. Boa opção para saladas ou substituto para carne em receitas como quibe de quinoa, bife de quinoa, entre outras opções. A quinoa ajuda na construção de músculos mais fortes e previne doenças como infarto e derrame. 

Frutas vermelhas

As frutas vermelhas — amora, morango, cereja, framboesa, cranberry e goji berry — além de deliciosas são ricas em nutrientes de alto valor, como ferro, cálcio, fósforo e potássio. Elas ajudam no combate à anemia, colesterol alto e são fontes ricas de vitaminas C e vitaminas do complexo B, tendo altas propriedades antioxidantes que retardam o envelhecimento. Elas podem ser consumidas in natura ou serem ingredientes de tortas e sucos. 

Oleaginosas

As oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas também fazem muito bem para a saúde. A castanha possui selênio, que é rico em antioxidante e fortalece o sistema imunológico. As nozes possuem a gordura monoinsaturada, gordura boa, que ajuda no controle do colesterol. Já as amêndoas possuem cálcio e magnésio que são importantes para a saúde óssea. Você pode consumir o mix de oleaginosas no café da manhã ou pequenas porções ao longo do dia. Além disso, você pode adicioná-las em bolos e cookies.

Gengibre

O gengibre é uma raiz originária do continente asiático e tem vários usos tanto na gastronomia quanto na medicina. Ele atua como bactericida e desintoxicante, reforçando o sistema imunológico e respiratório. Além disso, o chá de gengibre é muito utilizado para combater azia e enjoos e facilita a digestão de alimentos gordurosos.

Portanto, para ter um organismo saudável, é importante ter uma alimentação saudável, com diferentes grupos de alimentos e em quantidade adequada. Além disso, a ingestão correta de água é fundamental para manter tudo funcionando bem. Para descobrir qual é o volume ideal no seu caso, multiplique o seu peso por 35ml. O resultado é a quantidade de água que você deve ingerir. 

Gostou do nosso conteúdo? Quer receber outros conteúdos como esse na sua caixa de e-mails? Então, cadastre-se na nossa newsletter!

Data: 23 de novembro de 2020

Você sabe o que são as superfrutas?

O termo superfruta é relativamente recente, se popularizou a partir de 2004, quando o livro SuperFoods apresentou 14 alimentos extraordinários em valor nutritivo. Desde então, esse termo passou a ser utilizado para promover frutas com altas propriedades funcionais e que podem ser utilizadas como matérias-primas ou ingredientes pelos fabricantes de alimentos funcionais, bebidas e nutracêuticos.  Essas frutas se destacam, pois, possuem um alto valor nutricional e propriedades antioxidantes comprovadas, que melhoram a saúde e ajudam na prevenção de várias doenças. Por isso, o consumo dessas superfrutas tem aumentado nos últimos anos. Para entender melhor e conferir quais são as principais opções, leia o conteúdo até o final. 

O que são as superfrutas? 

Ainda não há uma definição única dos critérios utilizados para as superfrutas, mas em trabalho recente, quatro pontos foram combinados para definir essa categoria: conteúdo em nutrientes, qualidades de antioxidantes, intensidade das pesquisas médicas e sucesso/disponibilidade comercial — definido como a facilidade com a qual determinada fruta, com suas características de sabor, aparência, aroma e benefícios para a saúde, pode ser encontrada pelos consumidores —. 

Confira as principais:

  • Acerola;
  • Mirtilo;
  • Amora preta;
  • Cereja;
  • Groselha; 
  • Cupuaçu;
  • Goiaba;
  • Kiwi; 
  • Açaí; 
  • Blueberry;
  • Goji Berry;
  • Cranberry; 
  • Guaraná;
  • Romã;

Inicialmente consumidas in natura ou em sucos, as superfrutas já aparecem como ingredientes em inúmeros alimentos. É possível colocá-las em tortas, doces e até panquecas. Não há uma definição quanto a quantidade ideal, mas os médicos dizem que de 3 a 4 xícaras de chá, por semana, é um bom valor. 

Quais os benefícios desse tipo de alimento?  

As superfrutas são ricas em nutrientes, fibras, ácido graxo e conhecidas pelo alto conteúdo de flavonoides, antocianinas, vitamina C e antioxidantes. Esses alimentos possuem propriedades anti-inflamatória e antioxidantes que neutralizam os radicais livres, ajudando na prevenção de doenças degenerativas, como Alzheimer e Parkinson. Atualmente, o açaí é a superfruta com maior índice de antioxidantes.  

Além desses benefícios, elas também ajudam no combate de doenças neurológicas, cansaço, leucemia e o câncer de próstata. De fato, podemos perceber que as superfrutas são extremamente ricas em nutrientes, mas que ainda há uma grande carência em pesquisas para validar propriedades e popularizar sua eficácia.  

No Brasil, as superfrutas mais populares são o açaí, guaraná, acerola e algumas frutas vermelhas pela facilidade de encontrá-las em supermercados e mercearias. Contudo, elas nem sempre precisam ser consumidas in natura. Já há opções de snacks, por exemplo, que podem ser levadas na bolsa, mantendo qualidade e sabor. A Kobber possui uma linha de superfrutas, com opções de goji berry, cranberry e blueberry que são opções práticas e deliciosas para o seu dia. 

Gostou das nossas dicas? Quer conferir mais informações sobre alimentos saudáveis? Então, acesse nosso blog e veja outros conteúdos. 

X