Data: 23 de abril de 2020

Dicas para melhorar a imunidade

Como_melhorar-a-Imunidade_Kobber

Fortalecer o sistema imunológico é bem importante para que o nosso organismo consiga se proteger de bactérias, vírus e muitas doenças. Se a imunidade do corpo está baixa, ele não consegue se proteger e até mesmo demora mais tempo para se recuperar de cicatrizes e doenças.

Por isso, é importante comer alimentos ricos em vitaminas e minerais e diminuir o consumo de alimentos ricos em gorduras, conservantes, açúcares e industrializados. Mas também é preciso manter um estilo de vida saudável para ter uma imunidade forte. É preciso se preocupar com o corpo como um todo e isso inclui:

• Ter uma alimentação balanceada;
• Fazer atividades físicas regularmente;
• Cuidar da saúde mental, aliviando estresse e ansiedade por exemplo;
• Durma bem, de 7 a 9 horas por dia;
• Pegue sol moderado, para fortificar a absorção de Vitamina D
• Bem estar e lazer, fazendo coisas que produza hormônios de felicidade.

Mas quais alimentos ajudam a fortalecer a imunidade? Vamos lá!

Vitamina E: avelã, amendoim, amêndoas, pistache, manga, azeite de oliva, molho de tomate, azeite de girassol, nozes e mamão;
Vitamina A: cenoura, babata doce, manga, espinafre, melão, acelga, pimentão vermelho, brócolis, alface e ovo;
Vitamina C: laranja, tangerina, abacaxi, limão, morango, melão, mamão, manga, kiwi, brócolis, tomate, melancia.
Alimentos com Ômega-3: sardinha, salmão, atum, sementes de chia, nozes e linhaça.
Selênio: castanha do pará, trigo, arroz, gema de ovo, frango, queijo, repolho.
Zinco: camarão, carne de vaca, peru e peixe, fígado, gérmen de trigo, grãos integrais e frutos secos (nuts).
Probióticos: iogurte natural e leite fermentado.

Se a pessoa estiver doente ou precisando aumentar a imunidade do corpo, ela deve consumir esses alimentos em maior quantidade, para fortalecer o sistema imunológico, combater a doença e/ou evitar que fique doente novamente.

Algumas características para saber se a pessoa está a imunidade baixa, é observar a frequência que ela fica doente, seja com resfriados, gripes ou algo mais grave. Também é importante observar doenças respiratórias, fraqueza, cansaço com coisas pequenas, sensibilidade extrema ao frio ou ao calor e o mau funcionamento do intestino.

Gostou das dicas? Deixa sua sugestão nas nossas redes sociais! 😉

X