whatsapp

Data: 7 de junho de 2022

Todo cuidado é pouco, conheça quais os riscos que a obesidade infantil pode trazer

Obesidade infantil é um problema sério e pode desencadear doenças crônicas na fase adulta.

A obesidade é uma doença crônica conhecida pelo acúmulo excessivo de gordura no corpo e esse acúmulo é responsável por diversos problemas de saúde.

A obesidade afeta tanto crianças quanto adultos, porém, é importante ressaltarmos que crianças obesas têm uma probabilidade maior de se tornarem adultos obesos.

Segundo a OMS, se as coisas continuarem como estão e nada for feito, o número de crianças com o peso acima da média e obesidade pode chegar a 75 milhões.

Quando falamos sobre obesidade infantil, atualmente, os dados indicam que no mínimo 41 milhões de crianças no mundo estão obesas.

No Brasil, um estudo realizado em 2021, mostra que a porcentagem de crianças de 2 a 5 anos com o peso elevado era de 7,4%.

Continue com a Kobber e saiba quais são as principais causas, consequências e o que fazer para evitar este problema.

O que causa a obesidade infantil?

A obesidade infantil ocorre por conta de uma associação entre fatores genéticos, ambientais e comportamentais, além das alterações hormonais que acontecem durante o nosso desenvolvimento.

Os principais fatores desta doença são o sedentarismo e a falta de uma alimentação adequada, também conhecida como hábitos alimentares incorretos.

Quando a criança passa horas jogando videogame, assistindo televisão ou apenas navegando no mundo da internet, associados ao consumo de alimentos ricos em gorduras, alimentos ultraprocessados, fast foods e uma alimentação cada vez menos saudável, isso contribui diretamente para o desenvolvimento da obesidade infantil.

Como a criança está em fase de crescimento, isso pode ter um impacto negativo no desenvolvimento dos músculos, ossos e articulações.

Este problema pode gerar riscos de doenças de curto a longo prazo, como, por exemplo:

  • Enxaqueca
  • Obesidade mórbida quando adultos
  • Assaduras e dermatites
  • Doenças ortopédicas, como problemas de coluna ou joelhos
  • Complicações metabólicas
  • Dores nas articulações
  • Hipertensão arterial
  • Disfunções do fígado, em função do acúmulo de gordura
  • Diabetes
  • Colesterol alto

Ela também pode desencadear problemas de relacionamento e doenças mentais como:

  • Baixa autoestima
  • Depressão
  • Disfunções alimentares, como bulimia ou anorexia
  • Isolamento social
  • Bullying
  • Solidão

Por isso a importância em entender que a obesidade infantil é um problema de saúde grave e que deve ser tratado com seriedade.

Como prevenir ou evitar?

 Apesar de ser uma doença séria que pode desencadear diferentes problemas de saúde no futuro, ela  pode ser combatida com alguns hábitos simples!

Separamos algumas dicas para se ter uma infância mais saudável e lutar contra esse problema de saúde.

  • Realizar consultas médicas de rotina para avaliar quais fatores podem estar contribuindo para o aumento de peso;
  • Realizar atividades e brincadeiras ao ar livre;
  • Ficar menos tempo assistindo TV, jogando videogame ou navegando na internet;
  • Definir horários para a realização das refeições e não “beliscar” entre elas;
  • Incluir verduras, legumes e frutas na alimentação;
  • Praticar esportes;
  • Diminuir o consumo de alimentos ricos em gorduras e carboidratos, tais como batata frita, hambúrgueres, bolos, doces e biscoitos recheados.

Conforme a Organização Mundial da Saúde, a obesidade infantil está ligada às mudanças comportamentais que impactam diretamente no sedentarismo e na alimentação irregular.

Incentivo à prática de exercícios físicos desde cedo, mudança no comportamento alimentar e bons hábitos de sono podem ajudar a prevenir o problema.

Agora conta pra gente, aprendeu quais são os riscos que a obesidade infantil pode trazer para a saúde e como evitá-la?

 

Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe um comentário!

Conheça nossos outros produtos, acesse nosso catálogo!

Aproveite e leia também:

Compartilhe com seus amigos e familiares e se precisar falar com a gente, é só chamar no whatsapp

X